segunda-feira, 5 de abril de 2010

vazio de cama
de quarto e sala
uma ausência que me pergunto
se ando sentindo
mais do que a presença
em si
caio em mim
vejo-me, de fato
mas nos vejo
que me pergunto se posso
como posso
assim me apegar

na minha carência
você é a carícia
que tanto me faz
tranquilizar

Um comentário:

  1. jane, fico lisonjeado! amo você em toda sua essência, que é divina!

    ResponderExcluir